REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL

Para estudar

REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL.

Verbal estuda a relação que se estabelece entre os verbos e os termos que os complementam (objeto direto e objeto indireto) ou modificam-nos (adjuntos adverbiais). Nominal estuda a relação que se estabelece entre os nomes (substantivos, adjetivos e advérbios) e os termos que os complementam (termos regidos).
Cuidado, principalmente, com os verbos e nomes que regem preposição A, pois, vindo, depois, uma palavra feminina que peça um artigo, haverá ocorrência de crase. Preste atenção, principalmente, aos verbos, assistir a (ver/presenciar), aspirar a (almejar/desejar), visar a (almejar /desejar).
Cuidado, o verbo atender pode ser usado como transitivo direto ou como transitivo indireto regendo preposição a.
Observe:
O vendedor atendeu às clientes. Neste exemplo o verbo foi usado como Transitivo Indireto(VTI), por isso o emprego do acento indicativo de crase. / O vendedor atendeu as clientes. Aqui o verbo foi usado como Transitivo Direto(VTD). Nas se esqueça de que posso omitir a presença do artigo, daí a possibilidade de fazer outra escrita, O vendedor atendeu a clientes. Neste exemplo há apenas a presença de preposição.

CESPE ou a ESAF poderá sugerir a substituição do “ às “ por “ as “ ou ainda por “a” sem comprometer a correção da gramática e sem provocar mudança de sentido o que estaria corretíssimo.

Os pronomes o, a, os, as substituem termos que exercem a função sintática de objeto direto:

FUNÇAO SINTÁTICA DE ALGUNS PRONOMES
Terminação dos verbos o, a, os, as Para objeto direto (OD)
r,s,z lo, la, los, las
m~ no, na, nos, nas

 EXEMPLOS:

Iremos comprar uma casa.

Iremos comprá-la.

Vendi o carro.

Vendi-o.

Guardamos os documentos.

Guardamo-los.

Fez as tarefas.

Fê-las.

Os pronomes lhe, lhes substituem termos que exercem a função sintática de objetos indiretos(OI) quando complemento de verbos ou adjunto adnominal(AA), quando tem valor possessivo, e complemento nominal(CN).

Observe:
Cortaram o seu cabelo, como o “seu” exerce a função sintática de adjunto adnominal o período também pode ser reescrito de tal forma: Cortaram-lhe o cabelo. Nesse caso o lhe tem valor possessivo e exerce função sintática de adjunto adnominal.

Observe:

 lhe e lhes - Objeto indireto (OD)
- Complemento nominal (CN)
- Adjunto adnominal (AA)

EXEMPLOS:

Obedece aos pais. (OI)

Maria sempre foi fiel a João.

Maria sempre lhe foi fiel. (CN)

O peixe caiu na sua rede.

O peixe caiu-lhe na rede. (AA)

Os pronomes me, te, nos e vos substituem termos que exercem a função sintática de objetos indiretos(OI) e objeto direto(OD) quando complemento de verbos ou adjunto adnominal(AA), quando tem valor possessivo, e complemento nominal(CN).

me, te   nos, vos - Objeto direto (OD)- Objeto indireto (OD)
- Complemento nominal (CN)
- Adjunto adnominal (AA)

EXEMPLOS:

Encontrou-me na festa. (OD)

Pediu-me ajuda. (OI)

Cortou-te o dedo. (AA) (seu)

Ela sempre me foi agradável. (CN)

Professor França

Tags: , , , , , ,

Sobre o autor: Odilei França

 

PORTUGUÊS PARA CONCURSOS

Professor França, 52 anos, brasileiro, autor do português para concursos, Bacharel em Teologia pela Faculdade Batista, licenciado em letras pela FAFIPAR, Professor de Língua Portuguesa para Concursos Públicos há 19 anos.

 

Posts recentes em Dicas e Comentários

 
 
 
 
 
 
 

Notícia da semana

 
 

PUBLICIDADE

publicidade1